Conteúdo Mondo-X

Artigos

Mondo Fantasma

Teatro Royal, Drury Lane

Autor Gilberto Schoereder
21/05/2012

O teatro de Londres é tido entre os mais assombrados do mundo.


Teatro Royal, Drury Lane

Londres, Inglaterra

Imagem: Interior do teatro Royal, por volta de 1808.



Famoso teatro em Londres cuja primeira construção se deu no ano de 1663. Outras construções foram erguidas no mesmo local nos anos de 1674, 1794 e 1812. Ele existe ainda hoje, no mesmo local.
É tido como o teatro mais assombrado do mundo. Dezenas de diferentes assombrações parecem conviver no local. A mais famosa é a do “Homem de Cinza”, que há mais de 100 anos é visto no local, jamais representando qualquer ameaça. Ele surge vestido como um nobre do século 18, com um chapéu tricorne, botas e uma espada. Diz-se que o surgimento do Homem de Cinza é sinal de boa sorte para atores e para a peça que está para estrear. Em certa ocasião houve uma oferta para realizar um exorcismo e expulsar o fantasma do teatro, e a oferta foi recusada pela direção.
Não se sabe qual poderia ser a identidade do espírito quando vivo, mas a lenda era a de que ele teria sido um jovem que foi esfaqueado e morto, com seu corpo sendo emparedado no teatro. No século 19, operários que estavam fazendo reparos no balcão do teatro encontraram um quarto que estava escondido atrás de uma parede. Lá dentro havia o esqueleto de um homem jovem, em cujas costelas ainda se encontrava uma adaga. Os fragmentos da roupa foram datados como sendo do século 18.
Acredita-se que apenas pessoas com grande sensibilidade mediúnica são capazes de ver o fantasma. Já foram registrados casos em que, num grupo grande de pessoas, apenas uma ou duas conseguiram vê-lo. E, ao contrário de muitos fantasmas, o Homem de Cinza costuma aparecer durante o dia, e quase sempre durante ensaios das peças.
Ele costuma ser visto caminhando lentamente de um extremo a outro do balcão, até desaparecer na parede. Às vezes, senta-se numa das cadeiras superiores. Se alguém tenta se aproximar dele, ele desaparece.
Dizem que também os fantasmas do ator Charles Macklin e do comediante Joe Grimaldi assombram o teatro. O primeiro assassinou um colega nos bastidores, em 1735, e nunca foi condenado pelo crime. Já o fantasma de Grimaldi, segundo os frequentadores, é uma presença que ajuda jovens atores.
Durante as apresentações da peça Oklahoma, em 1948, diz-se que não apenas o Homem de Cinza, mas vários fantasmas foram vistos pelos atores, na audiência e nos bastidores, inclusive o fantasma de Charles II.

Copyright © Mondo-X 2020

Revista Eletrônica de Esoterismo, Religião e Ufologia • e-mail: gilberto@mondo-x.com.br • Todos os Direitos Reservados